Buscar
  • Dra. Gabriele Almeida

Olheiras: como tratá-las


As olheiras causam desconforto em muitas mulheres seja com bolsas, coloração escura ou flacidez, elas dão um aspecto cansado ao visual. As olheiras podem ser de origem genética, porém, também podem ser o resultado de fatores adquiridos ao longo da vida. - ▪As olheiras amarronzadas são provocadas pelo excesso de melanina, o pigmento que dá cor à pele. Essas podem ser genéticas ou facilitadas pelo excesso de sol e pela coceira. ▪As olheiras azuladas ou roxas têm origem nos finos vasinhos sanguíneos que irrigam a região devido a diversos motivos, mas por ser uma área em que a pele é muito fina e mais transparente, qualquer alteração fica bastante visivel. Elas também são as famosas olheiras que aparecem após uma noite mal dormida: em uma noite de sono ruim, não ocorre a drenagem linfática na região, deixando os vasinhos maiores e mais nítidos. ▪E as olheiras também podem ser mistas, com componente vascular e melânico. - Apesar da diferença entre estes tipos de olheiras, alguns cuidados podem ser feitos para todos como o uso de hidratantes na área dos olhos, creme de ação clareadora e claro, protetor solar. Para quem tem o sulco marcado além de clarear, com produtos tópicos e lasers, podemos preencher. - Para olheiras mais profundas temos diversos tratamentos como preenchimento e estes devem ser indicados após avaliação individual.

3 visualizações

©2019 by Dra Gabriele Almeida. Proudly created with Wix.com